segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Historia do Futebol Amador Jequieense - Parte 1



Estádio Municipal Anibal Brito
  

HISTÓRIA DO FUTEBOL DE JEQUIÉ I PARTE‏

Meus Amigos Internautas;
Todos hoje perguntam porque alguns esportes em Jequié não conquistam mais nada, principalmente o Futebol e Futsal.
Neste ano a A.D.Jequié nos seus 42 anos realizou a pior campanha em sua história terminando o Campeonato Baiano da
Segunda Divisão sem vencer.
A Seleção de Jequieense de Futebol depois de levar oito anos sem disputar o Campeonato Intermunicipal de Futebol Ama-
dor, só retornando em 2005.
Neste ano também ainda não venceu no Campeonato Intermunicipal.
O Futsal caminha da mesma forma.
Com a construção no final dos anos 50 e inicio dos anos 60 foi construído o Estádio Aníbal Brito no bairro do Jequiezinho
onde o futebol Amador de Jequié viveu os seus melhores momentos no futebol amador.
As equipes amadoras todas organizadas e filiadas a Liga Desportiva de Jequié e Federação Bahiana de Futebol sendo o
Campeonato Municipal de Jequié um dos melhores do interior da Bahia.
No Estádio Anibal Brito eram realizadas partidas amistosas contra várias equipes amadoras e Profissionais da Bahia como
de outro Estádio inclusive jogando aqui em Jequié o Fluminense do Rio de Janeiro vencendo a Seleção de Jequié por 5x2.
As equipes de Jequié como BOTAFOGO, FLAMENGO, COMERCIAL, MANDACARÚ, JEQUIEZINHO, VASCO, AMÉRICA, ESTU -
DANTE.
Todas estas equipes treinavam de terça-feira até sábado, além de alguns Jogadores recebiam sálario e bicho.
Na realidade já era um mini profissionalismo dentro do futebol amador de Jequié.
Provando mais uma vez que era fácil formar uma boa Seleção para disputar o Campeonato Intermunicipal.
Equipes fortes bem Dirigidas, bons Técnicos, bons Jogadores, a base do Futebol Amador sempre foi do Flamengo de Mane-
ca Sampaio que eram convocados mais de nove Jogadores facilitando o trabalho do Técnico da Seleção pelo entrosamen -
to.
Agora eu pergunto na atualidade qual é a melhor Equipe Amadora de Jequié?
Campeonato de Futebol dos Bairros não são ofícializados pela Liga Desportiva de Jequié e nem pela Federação Bahiana de 
Futebol.
O Campeonato Municipal de Futebol Amador de Jequié organizado pela Liga Desportiva de Jequié neste ano quem foi Cam  -
peão, foi Manoel Vitórino e Vice Itiruçu.
As Equipes Amadoras não são filiadas a Liga Desportiva de Jequié.
Em 1969 a Seleção de Jequié realizou três partidas pela final do Torneio Intermunicipal de Futebol contra a Seleção de
Cachoeira, a primeira em Cachoeira zero a zero a segunda em Jequié no Estádio Anibal Brito sendo necessária a terceira
partida que foi realizada em Salvador no Estádio da Graça onde de maneira espetacular a Seleção de Jequié que perdeu
o primeiro por dois a zero conseguindo no segundo tempo virar a partida e vencer a Seleção de Cachoeira por três a dois.
Conseguindo pela primeira vez o título de Campeão de Futebol Amador da Bahia.
Despois da Conquista do Campeonato Intermunicipal e a construção do Estádio Municipal Waldomiro Borges de Souza no
dia 25.10.1969, um grupo de Desportistas tendo á frente o saudosos Maneca Sampaio e Izidorio Manoel do Carmo e vários
outros resolveram fundar uma Equipe Profissional para disputar o Campeonato Baiano de Futebol em 1970.
O nome foi decido pela Associação Desportiva Jequié com as côres amarela, azul e branca.
Mesmo com a fundação da A.D.Jequié a Seleção de Jequié disputou o Campeonato Intermuncipal em 1970 com os Jo-
gadores que não quizeram se Profissionalizarem.
O Futebol Amador de Jequié teve uma queda devido a criação do Profissionalismo além da estrutura do Estádio Muni -
cipal Anibal Brito já estava precisando de uma boa reforma.
É bem verdade que a distancia existente entre o centro da Cidade para o Bairro Mandacarú  ainda com pouca estrutura
e moradores, dificultando a ida dos Desportistas e Torcedores para o Estádio Waldomirão.
Em 1971 até 1981 a Liga Desportiva de Jequié não mais participou salve engano meu do Campeonato Intermuncipal.
Com a falta de estrutura e sem muros o Liga Desportiva do Jequiezinho passou a realizar seu Campeonato aos domingos
pela manhã até 1981.
Foi quando o Prefeito Municipal de Jequié Walter Sampaio construiu com ajuda do  Governador da Bahia Dr. Antonio Car-
los Magalhães o Ginásio de Esporte Anibal Brito.
O Bairro Jequiezinho ficou sem Estádio e campo para realizar seus Campeonatos, indo para o Campo Manoel Pedro no ...
Pau Ferro.
Já o Bairro Joaquim Romão foi totalmente reformado e estruturado o Campo do Cururu passando o mesmo a ser chama-
do de Anibal Pires em 1982.
A Liga Desportiva do Joaquim Romão tendo como Presidente o saudoso Árbitro Manoel Soares (Caboquinho) conseguiu
realizar excelêntes Campeonatos de Futebol Amador mesmo em campo aberto tendo as Equipes do Katinei Zé Baixinho,
Botafogo de Fubá, Caxias, Princesa Isabel, Filhos do Sol, Mandacarú, Internacional de Lourival, Bahia de Manequinha,
Vasco de Dedê, Estudante de Vavá, Desportiva de Vander, Caixa D´Água, Flamengo de Jonas Gatão, São Francisco do Sr.
Chico, Valverde de Waldomiro Moura, Carga Pesada, São Paulo, Estrela, Correios e várias outras Equipes.
Nos anos 80 precisamente em 1983 a Liga Desportiva Jequié voltou a ser ativada tendo com Presidente Professor Ro-
berto Cosme sendo montada uma grande Diretoria como uma Comissão Técnica formada pelo Árbitro Sargento Roque
Adalberto Suzart como Técnico da Seleção, Auxiliar Waldemir Vidal, Preparador Físico Carlos Alberto Borges (Tucha),
Massagista Walter Foca.

AGUARDEM A II PARTE 
CONVOCAÇÃO DA SELEÇÃO DE JEQUIÉ BI-CAMPEÃO DO INTERMUNCIPAL 1983
Waldemir Vidal Santos
Repórter e Comentarista Esportivo
DRT-DF 4260
ABCD-BA 544

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

UNIVERSIDADE DO FUTEBOL